Vicente, F. L. (2014). O Império da Visão: Fotografia no Contexto Colonial Português (1860-1990). Lisboa: Edições 70.

Autores

  • Leonor Sampaio da Silva Centro de História d’Aquém e d’Além Mar (CHAM), Universidade Nova de Lisboa, Portugal

DOI:

https://doi.org/10.21814/vista.2985

Resumo

No volume organizado por Filipa Vicente, é possível reencontrar o interesse da historiadora pelo estudo de períodos e temas da história da cultura observados a partir da expressão artística, mais concretamente de documentos visuais. Numa linha de continuidade com trabalhos anteriores, este volume retoma a reflexão sobre a imagem como instrumento de conhecimento. Especialmente relevante para o estudo dos impérios e da vivência colonial, a cultura visual tem demonstrado ser uma ferramenta útil para se entender o quotidiano, ora capturado na sua espontaneidade natural ora representado com efeitos de encenação. O Império da Visão é disso mesmo um claro emblema ao dar a conhecer obras, autores e análises que demonstram tanto o interesse científico quanto o caráter empolgante e inovador das análises ancoradas no documento visual. O volume situa-se, assim, numa linha de reflexão que, embora tardiamente, tem vindo a crescer em Portugal e que a cada novo passo que dá estimula a ambição de desenterrar informação visual que tem estado escondida ou sido ignorada nos lugares públicos e privados onde aguarda pelo momento em que a sua chegada às mesas de trabalho dos investigadores logre acrescentar novas luzes ao conhecimento do passado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-05-19

Como Citar

Sampaio da Silva, L. (2017). Vicente, F. L. (2014). O Império da Visão: Fotografia no Contexto Colonial Português (1860-1990). Lisboa: Edições 70. Vista, (1), 208-210. https://doi.org/10.21814/vista.2985

Edição

Secção

Comentários